27 de abr de 2009

DIA 1º DE MAIO DE 2009- DIA UNIVERSAL DO AMOR

ACESSE E LEIA MENSAGEM SOBRE O DIA UNIVERSAL DO AMOR!
http://www.anjodeluz.com.br/dia_universal_do_amor.htm



A MÚSICA DO SONHO

Na noite calada a valsa do sonho embala sonos distantes
E o suposto sonhador morre um pouco porque perdeu o dia
Esvanecido em saudades mortas.
Portas entreabrem-se ao vazio aziago de um olhar
Que diz ao nada aumentando o eco do não falar

Apertando uma alma que sorri de si mesma
E da falha grave do esquecimento de um eu que existe.
Na noite calada a música convida à dança
Para quimeras que poderão não vir, mas alimentam o espírito
Que lima e sua e teima em fazer poesias de amor.

Creative Commons License
A Música do Sonho by Lucy Salete Bortolini Nazaro is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License.

25 de abr de 2009

24/04/09 MEC recebe projeto de federalização do UNICS


Nesta semana foi dado mais um passo importante em torno do projeto de tornar o UNICS o sexto Campi da Universidade Federal da Fronteira Sul- UFFS. Foi estabelecido contato com o Ministério da Educação, através da Secretária Nacional de Educação Superior, Maria Paula Dallari Bucci.

Em Brasília a reitora do Centro Universitário de Palmas/PR, Dra. Ivania Marini Piton; a vice-presidente do Centro Pastoral Educacional e Assistencial Dom Carlos, professora Renata B. Vasconcellos Fonseca e os deputados Federais, Rodrigo da Rocha Loures e Angelo Vanhoni e o senador Flávio Arns apresentaram o projeto do Ministério da Educação, para inserção do UNICS na estrutura federal de educação Superior.

Na oportunidade foi solicitado, e já com confirmação da própria secretária nacional, da vinda de uma equipe técnica do Ministério da Educação para um estudo junto a estrutura do Centro Universitário Católico do Sudoeste do PR, o que deve ocorrer num prazo de 30 dias.

Na manhã desta quinta-feira(23), o deputado Federal Rodrigo da Rocha Loures, enfatizou que o encontro foi muito positivo, pois a Secretária Nacional entendeu a necessidade de atender a reivindicação feita por Palmas/PR.

O parlamentar salientou que a Dra, Maria Paula Dallari Bucci ficou bastante tranqüila em relação ao pleito, uma vez que já está garantido apoio político ao projeto, através de vários parlamentares paranaenses que são integrantes de comissões importantes na Câmara e no Senado, por onde deverá tramitar o projeto criando legalmente a Universidade Federal da Fronteira Sul, que poderá agregar o Campi de Palmas, aos campi já definidos de Realeza, Laranjeiras do Sul no PR; Chapecó em SC e Erechim e Cerro Largo no RS.

Destacou o parlamentar que todos os caminhos técnicos, para a viabilidade do projeto, estão sendo cumpridos e há necessidade de correr contra o tempo para que os relatores das comissões para emitir seus respectivos pareceres em torno da questão. Emendas ao projeto original da Universidade Federal da Fronteira Sul, já foram feitos pelos deputados Angelo Vanhoni e Airton Roveda.

De acordo com a Reitora do UNICS e a vice-presidente do CPEA, o projeto de inserção do Centro Universitário ao contexto da UFFS tem recebido apoio importante dos deputados e senadores do PR, Flávio Arns, Osmar Dias e Alvaro Dias. “Relatores da Câmara dos Deputados e do Senado tem demonstrado sensibilidade e interesse em garantir este benefício educacional para os municípios do Sudoeste, Sul do PR e Oeste de SC.

Conforme a reitora, Ivania Marini Pitton é uma caminhada complexa, mas que vem sendo feita com muito empenho e dedicação nos aspectos social, com o apoio da população local e suas lideranças, bem como pelos parlamentares que estão se dedicando a causa.

A vice-presidente do CPEA, prof. Renata B. Vasconcellos Fonseca, frisa que o grande sonho da população de Palmas e região, tem gerado uma repercussão positiva muito grande junto aos parlamentares paranaenses em Brasília, e também agora junto aos órgãos do governo Federal que tem poder de difinir favoravelmente em favor da população de nossa região.

Por outro aspecto está sendo feito um trabalho muito grande de apelo ao deputado federal André Vargas, (PT-PR) que é relator, na Comissão de Finanças e Tributação, do projeto de lei 3774/2008, do Executivo, que cria a Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) e autoriza o Ministério a Educação a criar seu quadro de pessoal, para que insira em seu relatório o UNICS neste processo e estrutura de educação superior federal.

Neste sentido várias lideranças de Palmas convocam a população a Enviar um e-mail para o deputado falando da importância desse campi em Palmas e mostrando que já uma estrutura pronta, apenas aguardando a instalação do campi da UFFS para ofertar aos alunos de toda a região Ensino Superior com várias ofertas de curso.

7 de abr de 2009

Um Hino de Amor a Palmas do Paraná

No último dia 06 de abril do corrente, as autoras da Letra do Hino Oficial de Palmas receberam homenagens da Câmara Municipal. A professora Lucy Salete Bortolini Nazaro, uma das homenageadas, deixa aqui o registro de seus agradecimentos.

Um Hino de Amor a Palmas do Paraná
Para o Aniversário de 130 Anos de sua Emancipação Político-Administrativa.

“Tudo começou com a Portaria nº 5. 498, de 17 de julho de 1991, o então Prefeito Municipal, Sr. Adimorvan Carraro nos nomeou para fazermos parte de uma comissão para criar a Letra do Hino de Palmas-PR, considerando a música, de Sabino Conte, já aprovada oficialmente. No fundo de meu coração eu sentia que havia uma pressa, uma urgência em atender ao que a Portaria determinava: cantar nossa terra e nossa gente. Assim, apesar do trabalho exaustivo de meus dias, em salas de aula, apesar das noites, apesar do frio que açoitava com o vento lá fora e enrijecia os dedos que deveriam escrever, apesar da poeta pobre de interior, aceitei a tarefa, que só me dava imensa alegria e prazer.
Em certos momentos me senti verdadeiro “Pan” mitológico, no “Carpe Diem”, pastoreando ovelhas, cantarolando ao sabor de flautas, convivendo com musas. Mas eu não era o deus Pan da mitologia grega, era apenas uma poeta sonhadora, idealizando um amanhã programado pelo ontem. Eu não pastoreava ovelhas, mas pastoreava meus próprios passos em direção ao alimento da alma e do coração, na construção de poesia. Eu não tinha a flauta mitológica e mágica, mas o velho piano que anima, de quando em quando, sons de nosso salão nobre do UNICS. Eu não tinha musas da Grécia antiga, mas tinha o que para mim é musa de maior grandeza, eu tinha todos os 110 Anos, ou mais, da história de nossa gente, a dançar comigo suas vivências, a me embalar nos cantos das palmeiras e dos butiazeiros. Eu estava no torrão de pinheirais. Eu estava uma terra cujos mares são formados por majestosos campos verdes, onde navegaram, me atrevo a dizer “nossos” antepassados pioneiros, porque meus pais estão aqui, comigo, há mais de meio século, e onde todos navegamos hoje, como povo palmense, trabalhando a terra, cuidando do gado, promovendo cultura, educação, escrevendo nossas histórias e acreditando no futuro que sempre se faz presente.
Eu tinha os ventos frios que embalaram os butiazais e me embalaram a vida toda, desde meus primeiros passos como ser humano vivente, ventos que agora embalam nossos sonhos de grandeza para o futuro de Palmas, neste longínquo interior de nosso Brasil. Eu tinha uma história de glórias num cenário de beleza, que sempre foi abençoado pelo Bom Jesus da Coluna e que me foi presenteado para viver. Senti que tinha a poesia feita. Precisava apenas recolhê-la para as páginas em branco, ávidas pelo porvir. Senti, naquele momento, que eu queria ser uma grande poeta para poder cumprir e escrever, com as outras compositoras, com honra, o que Palmas merecia.
Hoje compreendo que a grandeza da poesia, a grandeza das letras não está no nome reconhecido nacional ou internacionalmente, não está nos títulos, nos feitos inusitados de alguns, que são poucos, mas está no coração e na alma de todas as pessoas que são humildes e que sabem amar. E quase tenho certeza de que ela faz morada no meu, que é pequeno, mas que busca alcançar o tamanho que o mundo precisa.
O Hino de Palmas foi composto, por mim e pelas pessoas que formavam esta comissão especial, foi colhido no seio da terra, com alegria, com entusiasmo, buscando enaltecer a natureza, apresentar uma síntese de sua história, explorar as riquezas daquele momento presente, refletir os anseios e o espírito valoroso do povo desta terra, mãe, avó e bisavó de tantos outros municípios, uma terra que a nós todos seduz, por suas histórias, por suas lutas, por sua religiosidade, por sua cultura especial. Uma nobre terra, portal de uma vasta região. Assim, me sinto como alguém que apenas colheu os frutos que o pioneirismo semeou, desde a chegada das duas primeiras famílias colonizadoras deste chão.
Mais uma vez, tenho que agradecer por ter tido a honra, de poder figurar como partícipe em uma saga escrita pelos fortes e que continua sendo construída, agora pelo povo que aqui vive, nesta primeira década do século XXI, fazendo desta terra a sua terra, onde não há “estrangeiros”, há palmenses que escrevem uma outra parte da história que será relatada no futuro. Tenho que agradecer o companheirismo da, então, Chefe de Cultura, Professora Rosa Loureiro, que nos acompanhou par e passo, nos incentivando e colaborando para que o Hino pudesse nascer forte e bonito como, não só os pais, mas todos os amigos também esperam, em qualquer nascimento da família. À Professora Rosa registro meu reconhecimento e reverência, meu agradecimento pela confiança e pelo companheirismo em nossa jornada criativa.
De alguma forma fomos especiais naquele momento, de alguma forma me senti especial nesta noite memorável de abril. Por isso levanto um brinde a esta festa de aniversário de 130 Anos de Emancipação Político-Administrativa de Palmas, aniversário que é de todos nós, que é de hoje e será parte das histórias que contarão no futuro. Aos Legisladores de Palmas do Paraná, em especial ao seu Presidente, Nilo Humberto Deitos Júnior, fica o meu reconhecimento e agradecimentos, fica o registro do sentimento de honra na participação nas Homenagens a Palmas. Que Deus os ilumine, a todos, que a justiça e o bem comum sejam a maior pauta de sua gestão. Palmas do futuro os reverenciará.
Alguém disse um dia que não importa o que acontece conosco em nosso cotidiano, que seja bom ou ruim, mas importa, principalmente, o que nós fazemos com o que acontece conosco. Se guardarmos as tristezas, as mágoas, as dores, os aprendizados forçados que a vida nos oferece, seremos eternamente infelizes e improdutivos. Corremos o risco de nos tornarmos apenas abóboras da história da Cinderela. Mas se guardarmos tudo isso como um aprendizado para nosso crescimento pessoal e lembrarmos muito mais do que foi bom, do que nos fizeram de bem, com certeza continuaremos sendo a carruagem que foi magicamente transformada para levar adiante o que tem que ser levado, com êxito e beleza. Mesmo que nunca sejamos a Cinderela da história, fazemos parte dela e isso é muito bom: fazer parte de alguma história.
Entendo que Palmas legou para mim muito de bem, muito de bom, o resto foi aprendizado e crescimento e agradeço a todos os que me ajudaram neste crescimento. Hoje sei que o que fazemos deve ser sempre impulsionado para o crescimento pessoal, mas principalmente para o crescimento coletivo. E, neste seis de abril, o acontecimento foi bom, assim fica muito mais fácil usá-lo para nos tornarmos melhores, mais idealistas ainda, e lutadores pelo amanhã que queremos que seja bem melhor. Quero deixar registrado que essa homenagem, à minha pessoa, eu dedico à minha mãe Estela Briski Bortolini, que há quase três meses nos deixou. Sei que é uma distância só física, pois estamos irmanadas pelo coração e alma. Ela deixou todas as saudades do mundo para a minha vida, foi alguém que me fez ser, juntamente com meu pai Hilário Bortolini, a pessoa que hoje sou: alguém capaz de sonhar, lutar e acreditar que é possível vencer e nos fazermos fortes, mesmo quando as adversidades são muito grandes.
Ajudar a construir o Hino de Palmas foi gratificante, foi uma honra, um aprendizado para minha vida poética e receber a Homenagem do Legislativo Municipal foi uma honra que tenho que agradecer sempre.
Palmas para Palmas neste significativo abril de 2009.”

LIVROS DE LUCY NAZARO E PARTICIPAÇÕES EM ANTOLOGIAS


1. Gotas de Chuva (poesias, pensamentos e crônica);
2. Palmas, uma História de Luta, Fé e Garra de um Povo (história de Palmas/PR);
3. Castro Alves, Parcelas da História de um Poeta Condoreiro (ensaio);
4. Sindicato Rural de Palmas (história do sindicato);
5. Coronel Domingos Soares, um Município em Expansão (história do Município de Coronel Domingos Soares/PR);
6. Nas Asas do Oceano (Poesia);
7. Quem tem medo de Gatos? E outras estórias... (Literatura infanto-juvenil- contratada pela Editora Vozes Petrópolis-RJ);
8. Vôo de Papel (crônicas- e-book pelo Portal CEN-Portugal);
9. Amor e Paixão (Poesias- e-book pelo Portal CEN-Portugal).
10. Poesias – Nas Asas do Oceano (Curitiba-PR).
11. Quimeras (Poesias pelo Portal CEN-Portugal)
12. Causos do Coração de Minha Terra. (no prelo)
13. Gregório de Matos- um Antropófago Paulista? (Ensaio). (Prefácio do Ex-Presidente da Academia Paranaense de Letras- Dr.Túlio Vargas (por publicar).
14. Dom Casmurro, um Menino que Envelheceu Sozinho. (Infantil).(por publicar).
15. Poesias (por publicar).
16. O Riso da Noite Escura (crônicas e contos). (por publicar)
17. Em Busca da Felicidade (por publicar)
18. Muitas Vidas em uma Vida (por publicar)
19. International Poetry (poesias- nos EU);
20. The Poet (poesias- nos EUA-);
21. Letras Derramadas (Poesias- Uruguai);
22. I Antologia Portal “Cá Estamos Nós” Portugal; no Brasil,
23. Del Sechi- Poesias (RJ);
24. A Forja da Liberdade (poesias SP);
25. 1ª Antologia Poética da Academia Virtual Brasileira de Letras- edição histórica (SP);
26. Poetas Brasileiros de Hoje(RJ);
27. Poetas de Palmas (Também como Organizadora). (Palmas-PR);
28. Vôo (RJ);
29. Prosa e Verso- Projeto Palavras Azuis (Blumenau- SC);
30. III Antologia Nau Literária (Campinas-SP);
31. Poemas de Amor (SP);
32. Fala Poeta II (Guarapuava-PR);
33. Fala Poeta IV (Guarapuava-PR);
34. Fala Poeta V (Guarapuava-PR);
35. Poeta das Cidades Brasileiras (RJ);
36. Poité. (UFSC)
37. História e Histórias do Kaingang de Palmas- Uma Literatura Necessária. (Dis. de Mestrado. Na Biblioteca-UNICS- Campus II (UNICAMP-SP)
38. Grânulo (Poesias). (Na Biblioteca- UNICS- Campus I)
39. Agreste Utopia (SP)
40. Anais da FLIPORTO 2006- Festa Literária de Porto de Galinhas (PE)
41. V Festival de Poesia SEERJ (RJ)
42. Poesias Brasileiras. 2º Prêmio Ebraim Ramadan
43. III Antologia do Portal CEN (Portugal)
44. Dia Mundial da Poesia (Portal CEN). (Portugal)
45. Dia Internacional do Beijo (Portugal)
46. Dia das Bruxas (Portugal)
47. A Paixão de Cristo (Portugal)
48. Dia do Professor (Portugal)
49. O Primeiro Amor (Portugal)
50. Antologia de IV Aniversário CEN (Portugal)
51. A Literatura, Poesia e Prosa de Palmas-PR (Portugal)
52. Antologia de Natal 2002 (Portugal)
53. Sexta Feira 13 (Portugal)
54. Amor Sensualidade e Erotismo V.II (Portugal)
55. Antologia de Setembro (Portugal)
56. Antologia Poética Solidão (Portugal)
Escrevi várias Peças teatrais, algumas adaptações de clássicos da literatura, para teatro:
57. Sagarana,
58. Os Modernistas,
59. Patativa do Assaré,
60. Drummondiando no interior,
61. Nas Asas do Tempo,
62. Juízo Final,
(Dirigi algumas delas), participei na redação de outras, com Ex-alunos do UNICS.
63. Cem Anos da Presença Franciscana em Palmas.
64. Palmas ao Sopro do Vento.










SITES QUE PARTICIPO (entre outros)

Mural dos Escritores:
http://muraldosescritores.ning.com/profile/LucySaleteBortoliniNazaro

Foto Poesia:
http://fotopoesia.ning.com/profiles/blogs/asas-para-o-amor-poesia

Poetas Del Mundo (sou Cônsul para Palmas-PR):
http://www.poetasdelmundo.com/verInfo_america.asp?ID=719

Escritores do Brasil:
http://escritoresdobrasil.ning.com/profile/LucySaleteBortoliniNazaro

Arte Restrita:
http://arterestrita.ning.com/profile/LucySaleteBortoliniNazaro

Delasnieve Daspet. Espaço de Amigos e de Poesia:
http://delasnievedaspet.ning.com/profiles/profile/show?id=LucySaleteBortoliniNazaro&

Poética Digital:
http://poeticadigital.ning.com/profiles/profile/show?id=LucySaleteBortoliniNazaro&

Portal CEN (Ponte Literária Brasil-Portugal):
http://www.caestamosnos.org/Autores/Lucy_Nazaro.htm

A Garganta da serpente:
http://www.gargantadaserpente.com/toca/poetas/luckka.php

E administro, o meu blog:
http://lucynazaro.blogspot.com/

Meu Livro: Quem tem Medo de Gatos? E outras estórias (Ed. Vozes)

Meu Livro: Quem tem Medo de Gatos? E outras estórias (Ed. Vozes)

Sonhos são como nuvens valsando flocos de algodão

Minha foto
Palmas, Paraná, Brazil
Quando o coração começa a viajar cedo na vida, vai se espalhando e esparramando um pedaço da gente em cada canto por onde passamos. Acho que comigo foi algo assim. Minha família sempre ficou com a maior parte, talvez, também, a melhor, mas alguns pedacinhos indiscretos foram se perdendo pelos caminhos. Quando comecei a querer recrutá-los de volta, mandei muita correspondência, escolhi a forma poemas, a forma frases, pensamentos, mas nenhuma resposta imediata. Depois, enviei contos, romance... e usei a internet com suas múltiplas doses de endereços. Comecei a perceber que o que deixei para trás não há como recuperar, mas há sim um jeito de reconstruir esse coração, com novos arranjos, novos pedaços, colhidos aqui e acolá, alguns até parecidos com o meu, e penso que posso torná-lo inteiro novamente. Continuo usando as mesmas formas, porém, com novas fórmulas e novos endereços. Estou gostando das respostas que recebo. Meu coração ainda viaja, mas agora tenho roteiro e carteira de motorista! Prof´Eta (Professora e Poeta).

PÉROLA DO UNIVERSO

Uma curva desvia o que era destino,
Uma força, um vento, um siroco menino
Um grão perdido no sideral espaço
Cria a pérola solitária do universo.

Um róseo coração saltita pelos ares
Navega em barco a vela pelos mares
Voa inquieto, solitário burbulhando amor
Enfeitando jardins verdes de colorida flor.

Há um sonho que insiste se mostrar amarelo,
O quero azul, verde ou vermelho, mas sincero
Exibindo a nave do cósmico voante que o leva
E me busca e em dreams suaves nos enleva.

Mais um risco de um vento no universo... e um grão se fará pérola...

Postagens populares

APAL- Academia Palmense de Letras

APAL- Academia Palmense de Letras
Academia Palmense de Letras