27 de jun de 2009

Amor e Luz

a calma calmaria instala-se estalando alegres ruídos
coloridos faiscando brasas de vida vivendo luz
uma alma plana prazerosamente nos céus do universo
inventando vidas novas vivendo sorrisos de final feliz

um corpo exala perfumes de jasmim e rosas
enquanto descansa do sono e sonho turbulento
que lento passou gemendo vinhos sem espuma
a festa de morfeu se foi esquecida em braços real

um sol brilhante ao lado de marte faz a guerra da paz
os astros correm abrindo passagem à espada azul
que navega livre pelo infinito cortando amarras
descobriu-se guerreira da paz e da luz

um raio a mais se desfaz no intocável espírito
que anda e voa em sonhos realidades realizáveis
espiando galeras que suspiram remando nas águas rumos
encaixotadas ensimesmadas esquecidas do esquecimento de si.

sereias cantam na calma calmaria instalada e fazem versos à morfeu
entre elas está o poeta e também eu.

Creative Commons License
Amor e Luz by Lucy Bortolini Nazaro is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License.

Foto enviada por meu amigo Dharmender Kumar, da Índia. Dia 26/06/09



Ele disse: "I will be in your country to meet for you".
Welcome My Dear Friend!!!!!

25 de jun de 2009

Há um Barco no Porto

esperança caminha pelos becos sombrios
nossas madrugadas acordam espantadas
do susto pelo meio da noite fria e solitária
encoberta em lençóis de linho

mas chega o dia e aponta para o sol brilhante
vida fluindo em nossas veias sorridentes
aportamos, afinal, em cais seguro, todo azul
e há um barco nos convidando ao horizonte

há povos nos aguardando com seus sonhos
plenos de ideais, de vida pulsante
mãos se estendem ao desembarque
e vozes alegres em nossos ouvidos soam

você flutuava em nuvens sonhos
mirando meu barco no cais chegando
voou fantasia no ar dançando
com sua mão no porto me segurando

deixamos de ser dois, somos uma só alma navegando
ouço sua voz estrangeira “AmigAmor” me chamando


Creative Commons License
Há um barco no porto by Lucy Bortolini Nazaro is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License.

Mensagem do dia

No dejes que se muera el sol sin que hayan muerto tus rencores. (Gandhi)

Dhanyavaad (Obrigada)

10 de jun de 2009

APROXIMANDO DISTÂNCIAS

(Para Isla Negra)
Há mais que um mar entre nós/
Há mais que o dia e a noite/
Há mais que nós mesmos/
Há o “nós” que fazemos as distâncias/

Com nossos medos, nossas covardias/
Nossos esconderijos, nossas melodias/
Atravessamos o pensamento vazio/
E nos fazemos solitários por opção/

Há mais do que pensamos, sonhamos/
Há um arrepio na imaginação fértil/
Uma descompostura na fala inerte/
E um não quando o sim é tudo/

Mas pode não haver nada nos separando/
Pode haver o abraço no regaço rosa do coração/
E o enlace da amizade nos unindo em emoção/
Em cumplicidade, companheirismo, nação/

Pode haver o sorriso certo por perto diminuindo a distância deste mar.../

CLOSER DISTANCES/

There is more than an ocean between us/
There is more than a day and a night/
There is more than ourselves/
There is the “we” creating distances/

With our fears, our cowar thoughts/
With our hiding places, in our tunes/
We cross the empty thought/
And we become alone by option/

There is more than what we think, dream/
There is a shiver in the fertile imagination/
There is a disturbance in the inert speech/
And a “no” when yes is all/

It may exist nothing separating us/
It can be a hug in the bosom of a pink heart/
And the entwine of friendship joining our emotion/
in complicity, in companionship, a nation./

The right smile may happen, surely reducing the ocean's distance./

Creative Commons License
CLOSER DISTANCES by Lucy Bortolini Nazaro is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License.

6 de jun de 2009

Vem aí.... EM BUSCA DA FELICIDADE!!!


AGUARDE PARA BREVE O LANÇAMENTO DE MEU LIVRO " EM BUSCA DA FELICIDADE"
Resultado de minha viagem à Índia, França e Alemanha!
Você vai gostar dos textos/Poesia e Fotos!!!

Meu Livro: Quem tem Medo de Gatos? E outras estórias (Ed. Vozes)

Meu Livro: Quem tem Medo de Gatos? E outras estórias (Ed. Vozes)

Sonhos são como nuvens valsando flocos de algodão

Minha foto
Palmas, Paraná, Brazil
Quando o coração começa a viajar cedo na vida, vai se espalhando e esparramando um pedaço da gente em cada canto por onde passamos. Acho que comigo foi algo assim. Minha família sempre ficou com a maior parte, talvez, também, a melhor, mas alguns pedacinhos indiscretos foram se perdendo pelos caminhos. Quando comecei a querer recrutá-los de volta, mandei muita correspondência, escolhi a forma poemas, a forma frases, pensamentos, mas nenhuma resposta imediata. Depois, enviei contos, romance... e usei a internet com suas múltiplas doses de endereços. Comecei a perceber que o que deixei para trás não há como recuperar, mas há sim um jeito de reconstruir esse coração, com novos arranjos, novos pedaços, colhidos aqui e acolá, alguns até parecidos com o meu, e penso que posso torná-lo inteiro novamente. Continuo usando as mesmas formas, porém, com novas fórmulas e novos endereços. Estou gostando das respostas que recebo. Meu coração ainda viaja, mas agora tenho roteiro e carteira de motorista! Prof´Eta (Professora e Poeta).

PÉROLA DO UNIVERSO

Uma curva desvia o que era destino,
Uma força, um vento, um siroco menino
Um grão perdido no sideral espaço
Cria a pérola solitária do universo.

Um róseo coração saltita pelos ares
Navega em barco a vela pelos mares
Voa inquieto, solitário burbulhando amor
Enfeitando jardins verdes de colorida flor.

Há um sonho que insiste se mostrar amarelo,
O quero azul, verde ou vermelho, mas sincero
Exibindo a nave do cósmico voante que o leva
E me busca e em dreams suaves nos enleva.

Mais um risco de um vento no universo... e um grão se fará pérola...

Postagens populares

APAL- Academia Palmense de Letras

APAL- Academia Palmense de Letras
Academia Palmense de Letras